“Inconsistência no discurso”, diz Sílvio Humberto sobre rejeição de emendas ao Código Tributário

Silvio_Humberto_PSB_06_04_Foto_Valdemiro_Lopes_201387171757859478

Foto: Valdomiro Lopes

Na sessão ordinária desta terça-feira (17), a Câmara Municipal de Salvador aprovou o Substitutivo ao Projeto de Lei nº 181/15, que altera dispositivos da Lei nº 7.186, que instituiu o Código Tributário e de Rendas do Município. O projeto permite o parcelamento do Imposto de Transmissão Inter Vivos (ITIV), exclusivamente para imóveis novos, sem a inclusão de emendas propostas pela oposição. Para o vereador Sílvio Humberto (PSB), mais uma vez a bancada do governo rejeitou propostas que versavam a favor da população, a exemplo, do parcelamento para imóveis usados e da isenção para os contribuintes já isentos do pagamento do IPTU. “Cai por terra o discurso de que a gestão é voltada para os mais necessitados”, critica Sílvio Humberto.