Vereadores se reúnem com representantes do Colégio Anchieta

Colegiado propôs ações que ampliem o debate racial na instituição

IMG-20170622-WA0008A Comissão de Reparação da Câmara de Salvador se reuniu na manhã desta quinta-feira (22/06), com representantes do Colégio Anchieta. O objetivo do encontro foi debater o caso dos alunos da escola, que durante uma atividade da instituição, vestiram-se com trajes da Klu Klux Klan, organização norte-americana conhecida por realizar atos violentos contra a população negra.

A reunião foi conduzida pelo presidente da Comissão, vereador Moisés Rocha (PT), e contou com a presença dos demais membros do colegiado, os vereadores Sílvio Humberto (PSB) e Luiz Carlos Suíca (PT). A Comissão Especial Temporária de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente esteve representada no encontro pelo seu presidente, o vereador Hilton Coelho (PSOL), e as vereadoras Marta Rodrigues (PT) e Rogéria Santos (PRB).

Os parlamentares expuseram as suas preocupações com o ocorrido e relataram o espanto com o fato. “Ficamos surpresos quando tomamos conhecimento da situação. O nosso mandato lida diariamente com questões relacionadas ao combate ao racismo, e como representante desta grande parcela da nossa população, nos sentimos na obrigação de problematizar o incidente”, explicou Sílvio Humberto. O vereador apresentou uma representação ao Ministério Público Estadual requerendo do órgão a adoção de medidas para coibir outras práticas semelhantes no Anchieta.

Durante o debate foram apresentadas propostas para serem implementadas pela escola visando um melhor entendimento, por parte dos alunos, acerca dos problemas gerados pelo racismo. Foi sugerida a realização de palestras, a exibição de filmes e apresentações teatrais, seguidas de discussões, que objetivem a ampliação do debate racial para além das datas oficializadas. “Promover para os alunos esse tipo de conhecimento não é nenhum tipo de favor das escolas. É o devido cumprimento das leis que tratam da obrigatoriedade do ensino da história da África, afro-brasileira e indígena”, pontuou Sílvio, referindo-se às leis 10.639/03 e 11.645/08.

A escola foi representada pelo seu diretor técnico-pedagógico, João Augusto Bamberg, e pelo coordenador pedagógico, João de Deus. Foi agendado para o próximo mês de agosto uma nova reunião entre a Comissão e os representantes da escola, com o objetivo de articularem ações para o Agosto da Igualdade e o Novembro Negro.

Uma resposta em “Vereadores se reúnem com representantes do Colégio Anchieta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s