Sessão Especial comemora os 31 anos do GESA

_DSC2534_2017111314294969143O Grupo Espírita Sementes de Amor (Gesa) foi homenageado, nesta segunda-feira (13/11), na Câmara Municipal de Salvador, pela passagem dos 31 anos de atividade da instituição. Por iniciativa do vereador Sílvio Humberto, em parceria com a deputada estadual Fabíola Mansur (ambos do PSB), a Sessão Especial foi realizada no Plenário Cosme de Farias e contou com a presença de membros e parceiros do Grupo.

“É um imenso prazer conduzir esta Sessão, para nós do mandato é uma honra  ser a plataforma desta comemoração, semeando o amor certamente vamos colher o amor e é isso que a sociedade precisa”, declarou o vereador Sílvio Humberto sinalizando também para a necessidade de combate a intolerância religiosa. “Sei que somos muito mais do que enxergamos e o mundo que estamos vivendo precisa de ações dessa natureza para que semeiem o zelo, o carinho e a solidariedade”, complementou.

De acordo com a deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) dar visibilidade e ajudar a

DSC_2454_2017111314361492620

Fotos: Reginaldo Ipê

instituições que são sérias e que respeitam as diferenças é fundamental. “Precisamos ajudar instituições como o Gesa, que realizam um trabalho sério e merecem todo o apoio, na concessão de utilidade pública para que possam celebrar convênios e parceiras que fortaleçam as atividades com a comunidade”, afirmou a deputada.

Clívia Nogueira, presidente do Gesa comentou o propósito do Grupo de ir além, “Não nos furtamos a responsabilidade de ir além e sermos para nossas crianças, jovens e idosas um referencial capaz de mudar o paradigma da limitação, da impossibilidade e da fatalidade da não realização de ideais. Ensinamos que é possível mudar o estigma que acompanha as comunidades menos favorecidas instrumentalizando-os a conquistar seus espaços na sociedade” disse.

Além de palestras, grupos de estudo, tratamento espiritual e reuniões mediúnicas, no Gesa são desenvolvidas outras atividades como evangelização infantil, cursos de artesanato para as mães, doação de cestas básicas para a comunidade, bazar e feiras da pechincha para angariar fundos para as ações assistenciais voltadas para a comunidade.

Nota de apoio à promotora de Justiça Lívia Sant’Anna Vaz

23561516_1673493979389665_2965843606921247209_nAs agressões contra a promotora de Justiça Lívia Sant’Anna Vaz, coordenadora dos Grupos de Atuação Especial de Defesa da Mulher e da População LGBT (GEDEM) e de Proteção dos Direitos Humanos e Combate à Discriminação (GEDHDIS) do Ministério Público Estadual, são a mais clara demonstração da covardia da onda conservadora que se espalha pelo País. A promotora vem sendo agredida nas redes sociais pela sua atuação como defensora dos Direitos Humanos e contra o racismo.

Os ataques à representante de uma instituição da envergadura e importância do Ministério Público não pode ser entendida apenas como um ataque pessoal. É muito mais do que isso. Quem está sob fogo é a democracia e os valores que ela representa. Estamos sendo agredidos todos.

Manifestamos a nossa solidariedade e apoio irrestritos à promotora, ao tempo que repudiamos a covardia dos ataques. Nos colocamos ao seu lado, no enfrentamento aos agressores, para quem se deve exigir punições compatíveis com as agressões. A luta contra o racismo e a desigualdade não sucumbirá à covardia e ao reacionarismo.