“A Virada que queremos é na Educação”, dispara Sílvio Humberto

WhatsApp Image 2018-01-03 at 12.44.37Durante a reunião realizada com as mães de estudantes das escolas municipais que serão desativadas pela Secretaria Municipal de Educação (Smed), na manhã desta quarta-feira (03), o vereador Sílvio Humberto (PSB) relatou aos presentes que discordou das justificativas apresentadas pelo secretário Bruno Barral para o fechamento e remanejamento de alunos das unidades Cosme de Farias, Allan Kardec e Nossa Senhora da Salete.

“A nucleação das escolas é uma virada na vida escolar dos estudantes e das suas famílias. É um festival de desarrumação. Não alcançaremos a educação pública de qualidade sem ouvir o chão das escolas”, declarou Sílvio Humberto observando que o tratamento dado aos grandes festivais na cidade não se comparam a falta de atenção da prefeitura com a educação do município.

Reunião informal de vereadores (24)

Cerca de 40 pessoas, entre elas adultos e crianças, estão constantemente em reunião com vereadores e afirmam que pretendem lutar pela manutenção das escolas. “ É um trabalho de convencimento e não vamos desistir, é muito importante e temos que ir até o fim”, disse Luciana Galvão, uma das mães da Escola Municipal Cosme de Farias.

 

Marta Rodrigues (PT) destacou os gastos que muitos terão com deslocamento após as mudanças e Hilton Coelho (PSOL) lamentou que a rede municipal esteja caminhando para a privatização. Aladilce Souza (PCdoB) também discorda do fechamento das unidades. “Fomos para a reunião com o secretário na expectativa de abrir o diálogo, pensando na possibilidade de suspender as nucleações mas o que ouvimos foi que as turmas já estão prontas”, afirmou a parlamentar.

Mães e pais dos estudantes estão mobilizados e afirmam que irão realizar uma manifestação até a próxima semana e acionar o Ministério Público para que as unidades de ensino continuem a funcionar.